• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

SINTRAS cobra reposição salarial para os servidores da saúde de Rio Sono

Plano de Carreira, Insalubridade, Adicional Noturno e reposição salarial foram às reivindicações cobradas

Publicado: 17 Abril, 2019 - 16h50 | Última modificação: 17 Abril, 2019 - 17h26

Escrito por: ALYSSON-NEYA CHAVES

Divulgação
notice

Na sexta-feira, 05, o SINTRAS cobrou em reunião da prefeitura municipal de Rio Sono direitos dos servidores da saúde que o poder executivo tem deixado de cumprir com a categoria.

 

Plano de Carreira, Insalubridade, Adicional Noturno e reposição salarial foram às reivindicações levadas ao prefeito Itair Gomes Martins que se comprometeu de apresentar proposta para atender as demandas reivindicadas pela direção do sindicato.

 

Assim, conforme o presidente do Sintras, já ficou agendado para o próximo dia 15 de abril, às 10:00 horas, nova reunião com os representantes da prefeitura de Rio Sono e do Sintras para discutir a proposta que será apresentada pela gestão municipal. Após, em assembleia deliberativa os servidores da saúde discutirá se aceita a referida proposta.

 

Manoel Pereira de Miranda destaca que a reunião com a gestão e servidores foi produtiva. “Nós da direção do sindicato faremos de tudo para avançar nas negociações para que os servidores tenham os reajustes e adicionais que tem direito, e que estão garantidos na constituição federal e no estatuto dos servidores do município”, diz o presidente da entidade.

 

Na ocasião, o Sintras indicou a gestão os nomes dos representantes da categoria para compor a comissão paritária para elaboração do Plano de Cargo Carreira e Remuneração – PCCR/SAÚDE dos servidores públicos da saúde do município de Rio Sono.

 

No mesmo dia a direção do Sintras também reuniu com os servidores para computar todas as demandas a ser encaminhadas via ofício a administração municipal.

 

 

Do Sintras estavam presentes juntamente com o presidente, o Secretário Geral, Domingos Rodrigues da Silva, e o secretário de Relação do Trabalho e Emprego, Raimundo de Sousa Morais.

 

Além dos diretores deve compor a Comissão paritária o assistente administrativo, Carlos Henrique Batista Veras; a enfermeira Iuzete Ferreira de Brito e a Técnica de enfermagem, Elizabete Cursino da Silva com seus respectivos suplentes a técnica de enfermagem Margarida Araújo Gomes, a enfermeira Ramiza Barnabe Rodrigues e o motorista, Júnior Guimarães Araújo Moura.

 

E os trabalhadores se manifestaram com cartazes anunciando a gestão municipal seus anseios pelos seus direitos.

 

 

Confira as reivindicações detalhadas no Oficio que também foi encaminhado ao secretário de administração Vilmar Fr